Quem pode realizar a cirurgia bariátrica?

Quem pode realizar a cirurgia bariátrica?

O crescente número de obesos no Brasil e no mundo preocupa cada vez mais. Esta condição vem prejudicando a qualidade de vida de milhões de pessoas. Por este motivo, a cirurgia bariátrica vem ganhando cada vez mais espaço como aliada para quem sofre com a obesidade. Porém, há muitas etapas até a realização da cirurgia. Muitas dúvidas ainda giram em torno do assunto e o principal questionamento é: quem pode realizar a cirurgia bariátrica?

É importante começar explicando que a cirurgia bariátrica tem como objetivo a redução de peso em pacientes com o IMC acima de 35. É recomendada para casos específicos e após minucioso diagnóstico realizado por um conjunto de profissionais que inclui o cirurgião, endocrinologista, nutricionista e psicólogo. Além da redução do peso, auxilia nas comorbidades que a obesidade traz, como a hipertensão arterial, apneia do sono, diabetes e problemas nas articulações.

O paciente é avaliado clinicamente e com exames laboratoriais durante todo o processo pré-cirúrgico, incluindo visitas ao psicólogo para auxiliar na preparação para a cirurgia.

Benefícios da cirurgia bariátrica

Como dito anteriormente, um dos maiores benefícios da bariátrica é o auxílio no controle de doenças relacionadas à obesidade, melhorando a qualidade de vida do paciente e diminuindo a mortalidade.

Muito mais do que confiar no procedimento, é importante confiar no cirurgião e em toda a equipe que está por trás do pré e pós-cirúrgico, e para isso é imprescindível buscar profissionais capacitados, a fim de se informar sobre as técnicas utilizadas e sentir que existe um apoio e confiança por parte da equipe.

Quem pode realizar a cirurgia bariátrica?

Há uma análise profunda antes da decisão médica de que o paciente está apto para realização da cirurgia, em que se leva em conta o IMC, o tempo de doença, insucesso em outras alternativas de tratamento, idade e doenças associadas desenvolvidas. Cada um desses pontos tem suas especificidades, leia abaixo:

IMC

Pacientes com IMC entre 35 e 39,9 necessitam apresentar comorbidades. Já os pacientes com IMC igual ou maior a 40 têm a indicação da cirurgia mesmo sem possuir problemas associados.

Tempo de doença e insucesso em tratamentos anteriores

O paciente deve possuir risco de comorbidades ou doenças já desenvolvidas.

Idade do paciente

Até os 18 anos deve haver a autorização familiar, além da avaliação. A partir dos 65 anos, será realizada uma avaliação intensa, considerando principalmente a expectativa de vida e o risco cirúrgico.

Cuidados e precauções

Mulheres que sonham com a gravidez devem esperar no mínimo 18 meses para engravidar, pois a perda de peso pode trazer um desequilíbrio ao feto; a cirurgia auxilia na grande perda de peso, mas não é tudo. É importante mudar os hábitos alimentares e ter uma rotina de exercícios físicos; após estabilizar a perda de peso, alguns pacientes optam por realizarem a cirurgia plástica para retirar o excesso de pele, e o recomendado é que seja feita 2 anos após a bariátrica.

A Clínica Dr. Carlos Eduardo Canarim, clínica de cirurgia do aparelho digestivo no Rio de Janeiro, entende a complexidade da cirurgia bariátrica e está de portas abertas para te auxiliar na avaliação e no entendimento do procedimento. Contamos com cirurgião, endocrinologista, nutricionista e psicólogo para melhor atender e compreender cada caso individualmente. Agende o atendimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *