Quando a laparoscopia é mais indicada?

Quando a laparoscopia é mais indicada?

O procedimento de laparoscopia pode ser diagnóstica ou terapêutica. Na primeira, com o objetivo de explorar, diagnosticar e biopsiar. Na última, como via de acesso para o tratamento específico.

Cirurgias realizadas por laparoscopia

Algumas cirurgias que podem ser realizadas por laparoscopia:

      • Cirurgia bariátrica;
      • Remoção de órgãos inflamados ou não, como vesícula, baço ou apêndice;
      • Tratamento de hérnias do abdômen;
      • Remoção de tumores, como do estômago , colon , reto , pâncreas;
      • Cirurgia ginecológica:histerectomia(retirada do útero),trompas (salpingectomia) e ovários(ooforectomia)

Como é feita a cirurgia por laparoscopia

Mediante o objetivo da cirurgia, o médico irá realizar de 3 a 6 pequenas incisões na região do abdômen, por onde entrará uma microcâmera com uma fonte de luz, assim como os instrumentos necessários para realizar a cirurgia, deixando cicatrizes muito pequenas com cerca de 0,5 – 1,2 cm.

Vantagens e desvantagens da laparoscopia

A cirurgia de laparoscopia é menos traumática que a convencional. Porém, não podemos excluir riscos, como em qualquer procedimento cirúrgico. A cirurgia a ser realizada é a mesma, a via de acesso é que é menos agressiva para o paciente.

Em específico, pacientes que são portadores de doenças respiratórias ou cardíacas devem ser analisados com mais cuidado, assim como pacientes com quadro de obesidade, inflamações ou gravidez.

Em geral os pós-operatórios causam desconfortos nos pacientes. Contudo, a laparoscopia é um procedimento que visa minimizar a sensação de desconforto, por ser menos traumático, viabilizando uma recuperação mais rápida.

Recuperação

A cirurgia exige o uso de anestesia geral, sendo necessária a internação do paciente por pelo menos 24h. O processo de recuperação pós-operatória da laparoscopia é mais rápida que a cirurgia convencional. Por ser uma cirurgia menos traumática, ela tende a uma recuperação melhor, minimizando complicações, como infecções, dependendo da cirurgia realizada.

Nos casos extremos de idade avançada e excesso de peso, pode-se contar com ajuda de um especialista em Fisioterapia, o qual irá amenizar as dores e fortalecer o processo de recuperação para se evitar complicações.

Cirurgia e Observação

É importante que o procedimento seja feito por um profissional capacitado. Dessa forma, o cirurgião da Sociedade Brasileira de Cirurgia Laparoscópica e Robótica – SOBRACIL – poderá avaliar o paciente e melhor indicar o procedimento adequado.

A Clínica Dr. Carlos Eduardo Canarim, clínica de cirurgia do aparelho digestivo no Rio de Janeiro, conta com profissionais capacitados para realizar o procedimento de videolaparoscopia. Contamos com cirurgião, endocrinologista, nutricionista e psicólogo para melhor atender e compreender cada caso individualmente. Agende uma consulta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *