Hipotireoidismo: o que é?

Hipotireoidismo: o que é?

Trata-se de uma doença do sistema endócrino em que a glândula tireoide não produz hormônios em quantidade suficiente. Esse problema pode causar uma série de sintomas, como a falta de tolerância ao frio, fadiga, depressão e até mesmo o ganho de peso. O hipotireoidismo durante a gravidez é ainda mais grave. Ele pode causar atrasos no crescimento e desenvolvimento intelectual do bebê.

Você sabia que o hipotireoidismo é mais comum entre mulheres do que em homens? As pessoas com mais de 60 anos são afetadas com maior frequência.

Simplificando: entenda o hipotireoidismo?

Hipotireoidismo é a deficiência de hormônios da tireoide. Isso significa que a glândula endócrina, situada na frente da laringe e responsável pela secreção dos hormônios, apresenta falhas em sua atuação. O hipotireoidismo pode afetar várias condições do organismo, como, por exemplo, o ritmo dos batimentos cardíacos, o metabolismo, a temperatura do corpo, entre outras coisas.

Hipotireoidismo é comum no Brasil?

De acordo com pesquisas divulgadas pelo Governo Federal, no Brasil, temos cerca de 2 milhões de casos de hipotireoidismo por ano. Como adiantamos acima, os principais casos são em mulheres a partir de 41 anos de idade.

Quais são os sintomas do hipotireoidismo?

Entre os principais sintomas do hipotireoidismo, temos a fadiga, uma maior sensibilidade ao frio, a constipação, a pele seca e o ganho acentuado de peso. Há casos de pessoas que sentem o aumento de peso mesmo levando uma vida ativa, ou seja, ganham peso sem comer em excesso e praticando exercícios.

Outro ponto comum entre as pessoas com a doença é que elas começam a sentir muito cansaço, não conseguem realizar tarefas básicas do dia a dia e logo são diagnosticadas com hipotireoidismo. Alterações no humor também são constatadas entre os sintomas frequentes.

Qual é o tratamento?

O tratamento básico do hipotireoidismo é feito com reposição hormonal. O tratamento deve ser realizado com orientação e auxílio médico e requer um diagnóstico preciso e confiável, com a realização de exames laboratoriais e de imagem para a confirmação do caso. Há casos em que a doença dura anos e há também casos em que dura a vida inteira.

Por que eu tenho hipotireoidismo? Quais são as causas?

Uma condição chamada de doença de Graves está entre as principais causas do desenvolvimento de alterações da tireoide, de acordo com especialistas. Trata-se de uma doença crônica.

Para o desenvolvimento de hipotireoidismo, também há causas menos comuns, como o surgimento de nódulos na glândula tireoide, casos de inflamação na tireoide provocada por vírus e até inflamação gerada por uma possível infiltração de linfócitos. Só o médico endocrinologista poderá determinar a causa da doença e indicar o melhor tratamento para cada caso.

Curiosidades sobre o hipotireoidismo

O tratamento do hipotireoidismo é realizado, após consulta médica especializada, com o uso diário de medicamentos específicos. O paciente que toma a medicação corretamente, de acordo com a orientação do seu médico, pode viver de forma tranquila e sadia, controlando os níveis de TSH.

Aqui uma curiosidade importante e que muitas pessoas não entendem: hipotireoidismo e hipertireoidismo são diferentes. No hipo, existe diminuição da
produção de hormônios; e, no hiper, temos o aumento. Por isso, cuidado com os nomes parecidos neste caso.

Por fim, destacamos que casos de depressão, perda de memória, alterações nos batimentos cardíacos, fadiga excessiva, irregularidades no ciclo menstrual, ressecamento da pele, queda capilar e ganho de peso são sintomas que precisam ser acompanhados pelo médico, pois podem ser indicativos de hipotireoidismo. Fique atento e cuide da sua saúde!

A Clínica Dr. Carlos Eduardo Canarim, clínica de cirurgia do aparelho digestivo no Rio de Janeiro, conta com cirurgião, endocrinologista, nutricionista e psicólogo para melhor atender e compreender cada caso individualmente. Agende uma consulta.