Cirurgia do Aparelho Digestivo – entenda mais

Cirurgia do Aparelho Digestivo – entenda mais

A Cirurgia do Aparelho Digestivo (CAD), é a especialidade médica responsável por cuidar de todo o nosso sistema digestório. Contribui no acompanhamento de esôfago, estômago, vesícula biliar, pâncreas, fígado, toda a extensão dos intestinos, além da retirada de vesícula, hérnias e pequenos procedimentos. Neste texto blog, falaremos um pouco mais sobre este assunto e sua importância. 

 

Que doenças podem ser tratadas?

Pacientes com problemas ou transtornos de digestão podem contar com a orientação médica desses profissionais. Além disso, médicos que possuam esta especialidade também podem avaliar e indicar cirurgias quando necessário. 

 

São várias as patologias que podem ser diagnosticadas e tratadas por um médico da área de Cirurgia do Aparelho Digestivo. Entre as principais, podemos citar: 

  • Gastrites: clássicas inflamações nas paredes internas do estômago, que pode ser desencadeado por alimentação inadequada, abuso de remédios (sobretudo anti-inflamatórios), estresse ou consumo excessivo de álcool. 
  • Úlceras gástricas: estágio avançado da gastrite, onde feridas são abertas na parede do estômago. 
  • Colites: inflamação que ocorre no intestino grosso (cólon). Esta doença pode ser tanto aguda quanto crônica, dependendo de sua gravidade.
  • Pancreatites: formação de cálculos biliares que obstruem a o duto que transporta a bile, interrompendo o fluxo das secreções pancreáticas. Com esta obstrução, provoca-se uma inflamação intensa.
  • Câncer de estômago e intestino: são tumores que afetam sobretudo pessoas a partir dos 50 anos de idade.

A importância dos exames para diagnóstico e prevenção

Os exames são essenciais para que o médico consiga diagnosticar ou prevenir possíveis problemas. Em se tratando de Aparelho Digestivo, os exames que costumam ser mais solicitados são: 

  • Endoscopia digestiva alta: exame responsável por analisar  a parte superior do tubo digestivo, o que inclui esôfago, estômago e a porção inicial do duodeno. Sem dúvidas, é  um dos exames mais comuns e eficazes para identificar doenças do aparelho digestivo. Pode ser indicado para casos de pacientes que possuam queixas como azia, queimação, falta de apetite ou sensação de estufamento de maneira constante. 
  • Colonoscopia: exame que capta imagens em tempo real do intestino grosso e também de parte do íleo terminal, porção final do intestino delgado. Por meio dele, o médico consegue avaliar a presença de câncer, males inflamatórios como a doença de Crohn, a explicação para diarréias crônicas, entre outros. 
  • Exames laboratoriais: o médico também pode solicitar exames de sangue para que seja possível acompanhar o colesterol, as proteínas do sangue, a produção de enzimas do fígado e toda a função hepática do paciente.

Como são feitas as cirurgias?

A CAD propriamente dita pode ser realizada por meio de laparotomia, com cortes no abdômen e manuseio de visão direta; ou ainda por laparoscopia, através de pequenos cortes, visualização por microcâmeras em tempo real e a utilização de pinças, que também podem contar com o auxílio de robôs. Sobre esta tecnologia, cabe ressaltar que tem trazido várias vantagens para a especialidade, incluindo recuperação e pós-operatório mais tranquilos para o paciente, por se tratar de um procedimento menos invasivo. 

 

Se você tem sentido algum incômodo digestivo, conte com o atendimento multidisciplinar da Clínica Dr. Carlos Canarim, especializada em Cirurgia Bariátrica e Metabólica no Rio de Janeiro, que acompanha com bastante dedicação cada paciente. . 

 

Confira mais acessando o nosso site neste link!